Faça uma doação
Voltar
Movimento Solidário entrega novas benfeitorias em Belágua
Neste sábado, serão inauguradas oito hortas comunitárias, um viveiro com 200 codornas e um tanque para criação de peixes

O Movimento Solidário, programa de responsabilidade social e empresarial da Fenae, Integra e Wiz Soluções, entrega neste sábado (8) mais uma etapa das ações que visam melhorar as condições de vida das famílias do município de Belágua, no Maranhão. Serão inauguradas oito hortas comunitárias, um viveiro com 200 codornas e um tanque para criação de peixes. A Fenae será representada no evento pelo diretor da Região Norte, Jerry Fiusa dos Santos.


Em quase dois anos de atuação em Belágua, o Movimento Solidário já está mudando a realidade das famílias da região. O município maranhense tem 7.191 habitantes e está entre os 100 mais pobres do país, com o IDHM (Índice de Desenvolvimento Humano Municipal) de 0,512.


“É gratificante poder ajudar comunidades carentes a construírem seu próprio caminho, dando condições para que eles possam ir mais longe. E tudo isso com a fundamental ajuda dos colegas da Caixa, que sempre abraçaram nosso projeto”, ressalta o presidente da Fenae, Jair Pedro Ferreira.


Com o apoio das representações políticas e administrativas do Maranhão e o engajamento dos empregados da Caixa de todo o país, a intenção é promover intervenções com projetos de geração de renda e melhoria dos indicadores sociais para mudar a situação de Belágua, a exemplo do que ocorreu em Caraúbas do Piauí (PI), onde o Movimento Solidário chegou em 2005 e cumpriu a meta de dobrar o IDH, após nove anos de atuação.


Parceiros


Nesta quarta-feira (5), a Fenae firmou mais uma parceria para o Movimento Solidário. Em reunião, com a Analista de Responsabilidade Social da Federação, Denise Alencar, o subsecretário de Agricultura, Pecuária e Pesca do Estado do Maranhão, Edjahilson Souza, confirmou o apoio do governo estadual ao programa.


Segundo ele, Belágua, que foi incluído no Programa Mais IDH do governo estadual, que tem por objetivo de melhorar o Índice de Desenvolvimento Humano dos 30 municípios maranhenses mais pobres, receberá diversas ações como a implantação da cadeia produtiva do mel, apoio aos projetos de horticultura, com o fornecimento de biofertilizantes para adubar organicamente as hortas, e de psicultura, nas áreas de Saúde, Educação, Infraestrutura, entre outras.


Fonte: Fenae.


Data: 07/07/2017

Últimas notícias de Belágua